x

FAÇA SUA BUSCA NO CAMPO ABAIXO!

Custos de envio e logística tendem aumentar no setor de transporte em 202

O novo ano já iniciou com provedores de transporte e logística buscando aumentos exacerbados nos preços dos contratos. A boa notícia é que há uma solução para diminuir os custos operacionais e continuar lucrando em 2022.

O que já era previsto está começando a acontecer, após o aumento dos custos da cadeia de suprimentos disparar na corrida para movimentar as mercadorias durante a pandemia.

Responsáveis de transporte e logística estão buscando grandes aumentos nos preços dos contratos agora em 2022. Isso resulta na persistência da pressão inflacionária impulsionada pela forte demanda e capacidade restrita nos mercados de frete.

Continue sua leitura conosco e entenda melhor sobre essa mudança.

Especialistas enfatizam que os contratos serão alterados

Com a alta demanda de transporte ainda superando a capacidade apertada em todo o setor de frete, especialistas da indústria dizem que as operadoras de transporte têm influência para aumentar os preços ao negociar novos contratos.

Algumas empresas de transporte projetam um crescimento de dois dígitos nas taxas de contrato para 2022.

Isso já vem refletindo em todos os setores de frete, desde a entrega de encomendas até os transportes rodoviários, marítimos e de armazenamento. Comumente os contratos de transporte de cargas são negociados anualmente, mas isso tende a alterar dependendo da transportadora.

Segundo o Executivo de Logística e membro do Conselho de Profissionais de Gerenciamento da Cadeia de Fornecimento, Todd Bulmash “Acho que as pessoas estão um pouco preocupadas. Elas estão se preparando para o pior”.

O “novo normal”

Os preços na maioria dos mercados de transporte de carga e logística oscilam entre as taxas de contrato a longo prazo e os preços de mercado à vista, que normalmente sofrem mais com as alterações pois necessitam de disponibilidade e capacidade.

Contudo, indiferente das categorias todas as áreas de transporte sentiram um aumento exponencial em 2021 e estão notando que ele vem crescendo com o passar dos meses.

De acordo com o Cass Information Systems INC. as taxas de envio doméstico para movimentação de mercadorias por rodovia e ferrovia nos EUA aumentaram cerca de 23% nos dois últimos anos.

Ao pesquisar as diferenças incluindo transporte, armazenamento e preços de estoque, foi possível alcançar uma alta de 3,4% de outubro de 2021 a janeiro de 2022, sem mencionar o aumento de 14% ano a ano citado no índice de 2016.

Essa subida nos valores tem sido perceptível no aumento de salários e na procura por trabalhadores em um mercado em que carece de especialização.

Qual a situação do transporte rodoviário?

Quando falamos exclusivamente dos transportes rodoviários, as métricas de taxas mais altas em 2022 seguem uma forte tendência de aumento no preço dos contratos negociados entre o setor de transporte e o corretor de mercadorias.

Segundo o mercado de frete online DAT Solutions LLC. no mês de novembro de 2021, a taxa média do contrato atingiu um recorde de US$ 2,51 por Km, mas devemos analisar que esse valor não inclui a sobretaxa de combustível.

Em busca de evitar a competição pela pouca capacidade de transporte no mercado aberto, diversos fabricantes cancelaram os contratos existentes com as transportadoras para este ano.

Os valores de armazenamento de mercadorias também apresentou aumento, isso resultou pelo alto custo de mão-de-obra de armazéns e a busca por elevados valores apostados pelos proprietários das instalações. O que gerou um crescimento nos custos de aluguéis.

Os proprietários estão relutantes em concordar com arredondamentos de longo prazo nas taxas atuais, pois segundo eles o mercado irá elevar os preços nos próximos anos, Carolyn Salzer, Chefe de Pesquisa Industrial e Logística nas Américas apontou que “Cinco anos depois, os aluguéis serão mais altos. Portanto, é do interesse dos proprietários e investidores fazer um arredondamento de curto prazo”.

É possível que as taxas subam até 2 dígitos neste ano

“Enquanto tivermos uma inflação subjacente em toda a economia, você verá que a inflação se refletirá no custo dos bens e serviços, incluindo transporte”, disse o executivo-chefe da Werner Enterprises, Derek Leathers, transportadora de caminhões sediada em Omaha, no Estado de Nebraska.

O mesmo esclareceu que as taxas de contrato podem subir de um a dois dígitos neste ano, mas, Leathers está confiante de que este aumento nos preços possam ser moderados à medida que a demanda por transporte diminuir e as empresas terminarem de repor seus estoques.

Ainda há possibilidades de gastar menos sem cortes abruptos?

Sim, a boa notícia é que há esperança no horizonte, se você deseja reduzir os custos para não despencar no mercado e manter a sua estabilidade econômica, nossa dica é que opte por uma plataforma de otimização.

Com a MatrixCargo por exemplo, você acaba com os erros manuais, otimiza todas as rotas e deixa de ter gastos desnecessários, como transporte vazio, papel, deslocamento até empresa e desorganização de trajetos.

O sistema mescla os dados do seu negócio aos algoritmos tecnológicos e oferece para você as melhores soluções, assim você acaba com os altos custos e ainda ajuda o meio ambiente.

Essa é uma das opções mais viáveis para implementar em sua empresa e se preparar para o ano que está começando. Saiba como reduzir os custos conosco, deixe o seu email abaixo que entraremos em contato!

VAMOS CONVERSAR?

Deixe seu dados nos campos ao lado para que possamos entrar em contato com você!

    Nome

    E-mail

    Telefone

    Empresa

    Assunto

    Ao realizar o cadastro/preencher o formulário, você aceita os nossos Termos de Uso e Relacionamento e a nossa Política de Privacidade

    × Whatsapp
    Close Bitnami banner
    Bitnami